27.5 C
Manaus
22 de setembro de 2020
Portal Amazonas Digital

Exército encontra 4,3t de nitrato de amônio próximo ao porto de Beirute 1 mês após a mega explosão

O exército libanês disse nesta quinta-feira, 3, que encontrou 4,35 toneladas de nitrato de amônio perto da entrada do porto de Beirute, local de uma grande explosão causada pelo mesmo produto químico no último mês.

Os engenheiros do Exército estavam “lidando com isso”, afirmou a instituição em um comunicado divulgado pela agência de notícias estatal NNA. De acordo com o texto, os produtos químicos foram encontrados do lado de fora da entrada 9 do porto.

A explosão catastrófica de 4 de agosto foi sentida até em cidades vizinhas e matou cerca de 190 pessoas. As autoridades disseram que ela foi causada por cerca de 2.750 toneladas de nitrato de amônio, armazenadas de forma insegura por anos no porto. Bairros e edifícios foram destruídos e 6 mil pessoas ficaram feridas.

Mais cedo na quinta-feira, o presidente Michel Aoun ordenou que fossem feitos reparos na velha infraestrutura de reabastecimento do aeroporto de Beirute e pediu uma investigação após um relatório indicar que milhares de litros de combustível vazaram do sistema. A notícia aumentou as preocupações de que o país viva outra tragédia. “Nenhuma explosão nos espera”, disse o responsável pelo aeroporto, Fadi el-Hassan, em entrevista coletiva.